"SOU UM LABIRINTO EM BUSCA DE SAÍDA." (Vinícius de Moraes)







segunda-feira, 31 de maio de 2010

O MELHOR DE VICTOR & LEO


Victor & Leo formam uma prestigiada dupla da música sertaneja, graças não só a ao talento que reúnem como produtores, cantores, compositores, arranjadores e músicos, como pela capacidade de escolha do repertório, basicamente formado por uma mescla de “folk”, pop, romantismo e sertanejo de raiz.
Iniciaram a carreira em 1992, na cidade de Abre Campo – MG, onde ficaram até que em 1994 resolveram ir para Belo Horizonte, onde cantaram na noite durante quase sete anos, ao mesmo tempo em que investiam no aperfeiçoamento técnico, estudando canto.
Em 2001, resolveram ser chegada à hora de enfrentar o grande mercado e partiram para tentar a sorte em São Paulo-SP, onde, ainda cantando na noite, foram, mais uma vez, tal como acontecera em Belo Horizonte, angariando o respeito e a simpatia do público, até que em meados de 2006, mesmo sem desfrutar do apoio de gravadoras, apenas por conta da divulgação de seus nomes, feitas de pessoa a pessoa, conseguiram o reconhecimento nacional.
Só em junho de 2007, quando já eram conhecidos em grande parte do país, foram contratados Sony-BMG, que passou a investir na consolidação da carreira dessa dupla que hoje é referência em termos de qualidade musical. Clique nos títulos das músicas abaixo e aprecie o talento e a afinação de Victor & Leo:
60 Dias Apaixonado/Fazenda São Francisco (Maior Proeza) / Adeus saudade / Amigo apaixonado / Amigo apasionado / Ao Vivo E Em Cores / Arapuca / Através da vidraça / Borboletas / Casa pra que / Cavalo preto / Cowboy / Cuidador do fogo / Deixa eu te amar / Deus e eu no sertão / Do outro lado da cidade / Ela não vai mais chorar / Esse alguém sou eu / Estrela Cadente / Eres Tú / Fada / Ficar por ficar / Fotos / Hoje você vem / Lado Errado / Lembranças de Amor / Linda / Locutor / Mari Mariana / Mariposas / Meu eu em você / Momentos / Nada Normal / Nada es normal / Noite estrelar / Nosso caso / Nova York (Ao Vivo) / Nueva York / O Cuidador Do Fogo / O granfino e o caipira / Pega fogo cabaré / Quem de nós dois / Ritmo da chuva / Sabías / Sem você / Sessenta dias apaixonado / Sigo Extrañandote / Sinto falta de você / Solidão me apavora / Tanta solidão / Telefone mudo / Tem que ser você / Timidez / Um olhar / Vida boa / Virus da paixão / Você sabia / Vou Pra Roça

AL DI LA - CANÇÃO QUE MARCOU OS ANOS 60

video

Música do filme "Candelabro Italiano", um clássico do cinema europeu, lançado em 1962, com a participação de Troy Donahue, Angie Dickinson, Rossano Brazzi e Suzanne Pleshette, sob a direção de Delmer Daves.

domingo, 30 de maio de 2010

O MELHOR DE FRANK SINATRA

Frank Sinatra nasceu em Haboken, Nova Jersey, USA, no dia 12/12/1915. Sem nenhum treinamento formal, Sinatra desenvolveu estilo altamente sofisticado. Sua habilidade em criar uma longa e fluente linha musical sem pausas para respiração, sua manipulação de frases o fez com que chegasse a ser condiderado um dos maiores intérpretes da música no século XX. Durante sua carreira teve seu próprio show na TV norte-americana durantemuitos anos, apareceu em mais de cinqüenta filmes e nos anos 90, além de continuar gravando novos discos, dedicou-se a realização de uma série de concertos, nos mais diferentes recantos do mundo. Clique nos títulos das músicas e viaje na voz de Frank Sinatra:
A day In the life of a fool / A Fine Romance / A kiss is just a kiss / All the way (com Celine Dion) / As time goes by / Autum Leaves / But not for me / Fly Me To The Moon / Hey jealous lover / Killing me softly / Let me try again / My way (com Luciano Pavarotti) / Moon river / Moonlight serenade / My way / New York New York / Night and day / Something stupid (com Nancy Sinatra) / Somewhere beyond the sea / Strangers in the night / The shadow of your smile / The way you look tonight / They cant take that away / Unforgetable / Three coins in a fountain / What now my love / Yesterday

NÃO CUSTA NADA IMAGINAR...


Que tal parar de conversa mole, e dar uma chance ao mundo?
O caminho existe, e já foi mostrado por muitos "profetas", entre os quais, o mais recente deles, John Lennon*.
.
Acesse o link -> http://www.youtube.com/watch?v=3_yumV4nbKs
.
* Assim como aconteceu com a maioria dos “profetas” que o antecederam, John Lennon também foi perseguido, menosprezado, ridicularizado e, finalmente, morto, por conta da incompreensão da maioria dos seus contemporâneos, incapazes de interpretar as mensagens de um homem à frente do seu tempo.

sábado, 29 de maio de 2010

O MELHOR DE DICK FARNEY


Dick Farney nasceu no Rio de Janeiro, no dia 14/11/1921. Estreou como cantor no programa Hora Juvenil na rádio Cruzeiro do Sul do Rio de Janeiro, no ano de 1937. Pouco depois foi contratado pela rádio Mayrink Veiga, para o apresentar o programa Dick Farney, a voz e o piano, e passou atuar como crooner na orquestra de Carlos Machado, no Cassino da Urca, então a mais prestigiada casa de shows do Brasil. Em 1946 foi convidado para ir para os Estados Unidos, onde fez apresentações na rádio NBC durante dois meses. Em 1948 apresentou-se com sucesso na boate carioca Vogue, passando a ser disputado pelos donos de boates, que queriam tê-lo como atração.Em 1960 formou sua própria orquestra e abriu o mercado, passando também a ser muito requisitado para animar bailes. Por conta da sua capacidade de interagir com o público, foi contratado pela em 1965, pela récem-inaugurada TV Globo do Rio de Janeiro, para apresnetar, juntamente com Betty Faria, o programa de Dick e Betty. Na década de 70, embora continuasse com suas apresentações em todas casas de shows da moda, resolveu abrir suas próprias boates, tendo sido proprietário de algumas de enorme sucesso, a exemplo da Farney´s e Farney´s Inn, ambas em São Paulo. Clique nos títulos das músicas e se deixe envolver pela suavidade das apresentações de Dick Farney:
A Saudade Mata a Gente / Aeromoça / Alguém Como Tu / All the way / Apelo (com Claudete Soares) / Caricia / Carolina / Casinha Pequena (com Lúcio Alves) / Castigo / Castigo (com Claudete Soares) / Copacabana / Este Seu Olhar / Marina / Meu Rio de Janeiro / Minha namorada / Nem eu / Nick Bar / Night and Day / O amor em paz (com Claudete Soares) / O Que É Amar (com Claudete Soares) / Perdido De Amor / Ponto Final / Tenderly / Tereza da Praia (com Lúcio Alves) / Tereza Da Praia (participação Rui Fernando) / Um Cantinho E Você / Uma Loira / Você (com Norma Bengell)

AVE MARIA, DE GOUNOD* (10 DIFERENTES INTERPRETAÇÕES)


A Ave Maria, de Gounod, foi escrita pelo compositor francês Charles Gounod, em 1859, é uma das músicas mais interpretadas do mundo. Clique nos nomes dos artistas listados abaixo e ouça algumas inesquecíveis interpretações com que foi brindada essa verdadeira jóia do Patrimônio Cultural da Humanidade:

* Na verdade, embora conhecida como "Ave Maria, de Gounod", a denominação correta é "Ave Maria, de Gounod/Bach, tendo em vista que Charles Gounod (1818 / 1893) fez uma sobreposição da sua melodia com uma obra do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1637 / 1759), o Prelúdio Nº 1 em C maior do Livro I de "O Cravo Bem Temperado", datada de 1722.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

O MELHOR DE KENNY ROGERS


Kenny Rogers nasceu em Hoyston, Texas, Estados Unidos, no dia 21/08/1938. Rogers é um dos mais conceituados cantores dae música country norte-americano. Além de se destacar por seu trabalho artístico, Rogers também participa da militância cívica por diversas causas humanitárias, atitude que o transformou em um dos líderes do grupo “USA for Africa”, que tem o objetivo de ajudar vítimas da fome e doenças na Africa. A música que deu início a essa organização foi “We are the World”, escrita por Michael Jackson e Lionel Richie, cuja gravação contou com a participação de 45 cantores, que mais tarde seriam os integrantes do grupo. Clique nos títulos das músicas e sinta a força interpretativa de Kenny Rogers:

MÚSICAS INESQUECÍVEIS DO CINEMA (MY FAIR LADY)


Clique nos links abaixo e relembre a trilha sonora criada por Frederick Loewe para o filme "MY FAIR LADY", lançado pela Warner Bros, em 1964, com direção de George Cukor, e estrelado por Audrey Hepburn e Rex Harrison:

quinta-feira, 27 de maio de 2010

INFORMAÇÕES ON LINE SOBRE HORÁRIOS DE VÔOS

Visualize em seu computador as mesmas informações estão nos monitores colocados nos principais aerorportos do Brasil, mostrando os horários de chegadas e partidas de vôos.
.Entre no link www.infraero.gov.br/voos/index_2.aspx
.
Depois, basta selecionar o aeroporto de seu interesse para, em tempo real, ter acesso aos dados que estão sendo mostrados aos usuários dos terminais aéreos, nos saquões de embarque e desembarque, disponibilizando informações sobre a hora da chegada e da partida de todos os vôos.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O MELHOR DE DEMIS ROUSSOS


Demis Roussos, embora tenha nacionalidade grega, nasceu em Alexandria, no Egito, no dia 15/06/1946, filhos de pais que estavam expatriados, por questões políticas. A partir do quinze anos de idade participou de vários grupos musicais, até que foi para a Inglaterra, onde começou a ficar conhecido, com a banda de rock progressivo “Aphrodite’s Child”. Em 1970, quando a banda foi extinta, Demis, como já cantor de sucesso e principal vocalista do Aphrodite’s Child, foi convidado pela gravadora para gravar seu primeiro compacto solo, dando início a uma nova e consagradora carreira. Clique nos títulos das músicas e confira algumas das mais expressivas interpretações de Demis Roussos:
Ave Maria / Bailare,bailaras / Facsination / Forever and never / From souvenirs to souvenirs / Goodbye my love goodbye / House of the rising sun / Love me tender / Mamy blue / Mañanas de Terciopelo / Marlene / My friend the wind / Rain and tears / Shadows / Smile / Someday somewhere / Una paloma blanca / When a child is born

MÚSICAS INESQUECÍVEIS DO CINEMA (A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS)


Clique nos links abaixo e relembre a trilha sonora criada por Victor Young para o filme "A VOLTA AO MUNDO EM OITENTA DIAS" (Around the World in Eighty Days), lançado pela United Artists, em 1956, com direção de Michael Anderson , Kevin McClory e Sidney Smith, e estrelado por David Niven, Cantinflas e Shirley MacLaine:

terça-feira, 25 de maio de 2010

O MELHOR DE NILO AMARO E SEUS CANTORES DE ÉBANO


Nilo Amaro e Seus Cantores de Ébano foi um grupo vocal que surgiu no cenário artístico brasileiro no início da década de 60. Caracterizava-se pela excelência da afinação e pelo fato explorar com incrível competência todo o potencial de vozes negras femininas e masculinas (um soprano, um mezzo soprano, um contralto, dois baixos, um tenor e três barítonos). Mesmo com uma carreira restritas a apenas três discos, marcou época na música brasileira, com enorme sucesso de crítica e de público. Clique nos títulos das músicas e relembre os maiores êxitos da carreira de Nilo Amaro e Seus Cantores de Ébano:

PICARETAGEM EXPLÍCITA (1)


Médicos dão testemunho na "Igreja Mundial do Poder de Deus", localizada em São Miguel Paulista, São Paulo, SP.
.
Perguntar não ofende: Será que o CRM-SP sabe disso?

segunda-feira, 24 de maio de 2010

O MELHOR DE BARRY MANILOW


Barry Manilow nasceu no Brooklin, Nova York, EUA, no dia 17/06/1943. Acumulando as funções de compositor, produtor e cantor, tornou-se muito conhecido pelos seus hits dos anos 70, ocasião em que suas turnês obtinham resultados espetaculares, rivalizando com artistas de primeira grandeza, a exemplo de Frank Sinatra e Johnny Mathis. Clique nos títulos das músicas e aprecie alguns sucessos da carreira de Barry Manilow:

MÚSICAS INESQUECÍVEIS DO CINEMA (MARY POPPINS)


Clique nos links abaixo e relembre a trilha sonora criada por Richard M. Sherman e Robert B. Sherman para o filme "MARY POPPINS", lançado pela Walt Disney Pictures, em 1964, com direção de Robert Stevenson, e estrelado por Julie Andrews e Dick Van Dyke:

domingo, 23 de maio de 2010

O MELHOR DE AGOSTINHO DOS SANTOS


Agostinho dos Santos nasceu em São Paulo, SP, no dia 25/04/1932. Começou a carreira como crooner de orquestras e com algumas apresentações em rádios paulistanas. Em 1955 foi para o Rio de Janeiro, onde começou a se apresentar na rádio Mairynk Veiga e gravou um LP com músicas de Tom Jobim e Dolores Duran. Alcançou a fama cantando músicas da peça e depois do filme “Orfeu Negro”, de Marcel Camus, como “Manhã de Carnaval” e “Felicidade”. Nos anos 60 continuou fazendo sucesso, tendo inclusive feito uma memorável apresentação no Festival de Bossa Nova no Carnegie Hall, em Nova York (1962), que lhe abriu as portas do mercado internacional, fazendo com que passasse a serum dos artistas brasileiros mais requisitados no exterior, obrigando-o a realizar frequentes viagens, inclusive aquela que custou sua vida, durante um acidente aéreo nas proximidades de Paris, em 1973. Clique nos títulos das músicas e relembre algumas das maravilhosas interpretações de Agostinho dos Santos:
A noite do meu bem / Amor, amor, amor / Angústia / Aqueles olhos verdes (com o Trio Irakitan) / Balada do homem sem Deus / Balada Triste / Canção da volta / Canto de Ossanha / Carolina / Chega de saudade / Chora tua tristeza / Chove lá fora / Devaneio / Esmeralda / Estou pensando em ti / Estrada do sol / Eu e a brisa / Eu não existo sem você / Feitio de oração / Felicia / Fim de caso / Foi a noite / Gente humilde / Graças a Deus / Horóscopo / Leva-me contigo / Manhã de carnaval / Maria dos meus pecados / Meu benzinho / Minha Oração / Mulher de Trinta / Ninguém é de ninguém / Noche de luna / Nossos momentos / O Amor e a Rosa / O amor em paz / O amor está no ar / O barquinho / O diamante cor de rosa / Onde está você / Ontem / Pecado / Perfidia / Por quem sonha Ana Maria / Quiereme mucho / Rir / Sá Marina / Samba de orfeu / Samba em prelúdio (com Maysa) / Se todos fossem iguais a você / Serenata suburbana / Seu encanto / Só você / Solamente una vez / Suave é a noite / Telefone / Travessia / Tu y yo / Tudo ou nada / Um olhar, um sorriso / Vai pensamento / Vereda tropical

"STAND BY ME" -> UM EXEMPLO DE GLOBALIZAÇÃO

Entre no link abaixo e assista a versão de "Stand by Me", criada a partir da junção do talento de "artistas de rua" dos mais distintos rincões do planeta. Essa é a melhor forma de tomar a definitiva consciência do real significado do termo "Mundo Globalizado".
.

.

sábado, 22 de maio de 2010

O MELHOR DO "THE PLATTERS"


The Platters foi formado em Los Angeles, no ano de1953, chegando, ao longo de uma carreira em que se transformou no mais famoso grupo vocal da “Era do Rock and Roll”, a vender mais de 53 milhões de discos. Originalmente formado por Tony Williams, David Lynch, Alex Hodge, o grupo passou por várias alterações na sua formação, e desde 1990, está no “Rock And Roll Hall of Fame”. Entre seus sucessos, destacam-se "My Prayer", "Only you", "Smoke gets in your eyes","The Great Pretender" e "You'll Never Know", entre outros. Clique nos títulos das músicas e aprecie algumas das maravilhosas interpretações do "The Platters":
Blue moon / Earth angel / Good night sweet heart / Harbor lights / House of the rising sun / Lions sleeps tonight / My girl / My prayer / My serenade / Only you / Put your head in my shouder / Save the last dance for me / Sixteen candle / Smoke gets in your eyes / Stand by me / The great pretender / The magic touch / This magic moment / Twilight time / You il never now

SAMBA DO CRIOULO DOIDO (QUARTETO EM CY)

Abra o link abaixo e assista um clipe do "Samba do Crioulo Doido", composição de Sérgio Porto (Stanislaw Ponte Preta), na interpretação do grupo "Quarteto em Cy":



SAMBA DO CRIOULO DOIDO

Foi em Diamantina
Onde nasceu JK
Que a princesa Leopoldina
Arresolveu se casar
Mas Chica da Silva
Tinha outros pretendentes
E obrigou a princesa
A se casar
Com Tiradentes...

Lá! Iá! Lá Iá! Lá Iá!
O bode que deu
Vou te contar...(2x)

Joaquim José
Que também é
Da Silva Xavier
Queria ser dono do mundo
E se elegeu Pedro II
Das estradas de Minas
Seguiu prá São Paulo
E falou com Anchieta
O vigário dos índios
Aliou-se a Dom Pedro
E acabou com a falseta
Da união deles dois
Ficou resolvida a questão
E foi proclamada
A escravidão
E foi proclamada
A escravidão...

Assim se conta
Essa história
Que é dos dois
A maior glória
A Leopoldina virou trem
E Dom Pedro
É uma estação também...

Oh Oh! Oh Oh Oh Oh!
O trem tá atrasado
Ou já passou...(2x)

VINTE POEMAS DE AMOR E UMA CANÇÃO DESESPERADA (PABLO NERUDA*)


Entre nos links abaixo e experimente a emoção de ouvir, declamados na versão original, todos os poemas de Pablo Neruda incluídos no livro "Vinte Poemas de Amor e uma Canção Desesperada", publicado em 1924:
Poema nº 01 / Poema nº 02 / Poema nº 03 / Poema nº04 / Poema nº 05 / Poema nº 06 / Poema nº 07 / Poema nº 08 / Poema nº 09 / Poema nº 10 / Poema nº 11 / Poema nº 12 / Poema nº 13 / Poema nº14 / Poema nº 15 / Poema nº 16 / Poema nº 17 / Poema nº 18 / Poema nº 19 / Poema nº 20

POEMA 15
Me gustas cuando callas porque estás como ausente,
y me oyes desde lejos, y mi voz no te toca.
Parece que los ojos se te hubieran volado
y parece que un beso te cerrara la boca.
.
Como todas las cosas están llenas de mi alma
emerges de las cosas, llena del alma mía.
Mariposa de sueño, te pareces a mi alma,
y te pareces a la palabra melancolía.
.
Me gustas cuando callas y estás como distante.
Y estás como quejándote, mariposa en arrullo.
Y me oyes desde lejos, y mi voz no te alcanza:
Déjame que me calle con el silencio tuyo.
.
Déjame que te hable también con tu silencio
claro como una lámpara, simple como un anillo.
Eres como la noche, callada y constelada.
Tu silencio es de estrella, tan lejano y sencillo.
.
Me gustas cuando callas porque estás como ausente.
Distante y dolorosa como si hubieras muerto.
Una palabra entonces, una sonrisa bastan.
Y estoy alegre, alegre de que no sea cierto.
.
.
POEMA 15 (traduzido para o português)
Gosto de ti calada porque estás como ausente,
e me ouves de longe, e esta voz não te toca.
Parece que os teus olhos foram de ti voando
e parece que um beijo fechou a tua boca.
.
Como todas as coisas estão cheias da minha alma
tu emerge das coisas, cheia da alma minha.
Borboleta de sonho, pareces-te com a minha alma,
e pareces-te com a palavra melancolia.
.
Gosto de ti calada e estás como distante.
E estás como queixando-te, borboleta em arrulho.
E ouves-me de longe, e esta voz não te alcança:
vais deixar que eu me cale com o silêncio teu.
.
Vais deixar que eu te fale também com o teu silêncio
claro como uma lâmpada, simples como um anel.
Tu és igual à noite, calada e constelada.
O teu silêncio é de estrela, tão longínquo e tão simples.
.
Gosto de ti calada porque estás como ausente.
Distante e dolorosa como se houvesses morrido.
Uma palavra então, um teu sorriso bastam.
E eu estou alegre, alegre porque não é verdade.
.
* Pablo Neruda (Chile, 12/07/1904 - 23/09/1973) foi um dos mais importantes poetas da língua castelhana no século século XX.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

O MELHOR DE VICENTE CELESTINO


Vicente Celestino nasceu no Rio de Janeiro-RJ, no dia 12/09/1894. Fã de Enrico Caruso, começou cantando sem maiores pretenções, basicamente para seus amigos, nas rodas boêmias e serenatas. Estreou profissionalmente cantando no Teatro São José e fez muito sucesso, o que lhe abriu a possibilidade de gravar seu primeiro disco, em 1916, que vendeu milhares de cópias, principalemtne graças a música “Flor do Mal”. Em 1920 montou sua própria companhia de operetas, com a qual passou a excursionar pelo Brasil, aumentando ainda mais a sua popularidade. Nos anos 20, reinava absoluto como ídolo da canção, e na década de 30 começou a demonstrar seus dotes como compositor, criando alguns dos clássicos do seu reportório, entre as quais “O Ébrio”, sua música mais lembrada até hoje, que inclusive virou tema de filme, protagonizado pelo próprio Vicente Celestino. Teve uma das mais longas carreiras entre os cantores brasileiros, tendo gravado 137 discos 78 RPM com 265 músicas, mais dez compactos e 31 LPs, e chegou a ser, graças ao seu arrebatamento, paixão e inigualável voz de tenor, considerado a “A Voz Orgulho do Brasil”. Clique nos títulos das das músicas e conheça a voz de dos mais importantes camtores brasileiros do século XX, Vicente Celestino:

MÚSICAS INESQUECÍVEIS DO CINEMA (O MÁGICO DE ÓZ)


Clique nos links abaixo e relembre a trilha sonora do filme "O MÁGICO DE ÓZ" (The Wonderful Wizard of Oz), lançado pela Metro-Goldwyn-Mayer, em 1939, com direção de Victor Flaming e estrelado por Judy Garland:

quinta-feira, 20 de maio de 2010

O MELHOR DE MIREILLE MATHIEU


Mireille Mathieu nasceu em Avinhão, França, no dia 22/07/1946. Grande admiradora de Edith Piaf, Mireille cantou em público pela primeira vez aos quatro anos, na Missa do Galo da Igreja Matriz de sua cidade. Enquanto estudava canto e ouvia atentamente os conselhos da professora Laure Collière, Mireille trabalhava duro em uma fábrica de envelopes. Aos dezoito anos, em 21 de novembro de 1965, participa de um concurso de calouros, no programa Télé Dimanche. O público prefere outra candidata, mas, para sorte de Mireille, o empresário Johnny Stark assistiu à apresentação e apostou em Mireille. Seu primeiro disco, em 48 rotações, vendeu mais de um milhão de cópias, com as músicas mon credo, c’est ton nom, qu’elle est belle e le funambule. Mireille teve como mentores o maestro Paul Mauriat e o compositor André Pascal, que começaram a ensiná-la técnicas vocais para que usasse melhor sua potência vocal, colocar a voz mais adequadamente e respirar de maneira correta. Ao mesmo tempo, Mireille tomava aulas de francês e de inglês, além de boas maneiras, comportamento social, como caminhar num palco, num estúdio de televisão, como dominar a distância certa de cantar ao microfone e todas as inúmeras coisas, necessárias ao bom desempenho de uma cantora. Com uma ascensão meteórica em sua carreira, Mireille participa de programas de televisão nos Estados Unidos e apresenta-se no Olympia, em 1967, quando já era uma celebridade pública, saudada pela imprensa como a “próxima Edith Piaf”, pela evidente semelhança de seu timbre de voz com o de Edith, morta poucos anos antes. Clique nos títulos das músicas e acompanhe algumas das mais belas interpretações de Mireille Mathieu:
Apprends moi / C'est si bon / Comme d'habitude(My way) / Himne a l'amour / Il a neige sur mykonos / Il peut neiger sur la neva / Je ne regrette rien / Je suis seule ce soir / Je t'ouvrirai encore les bras / Je t'ouvrirai encore les bras / La mer / La paloma / La vie en rose / Le premier rendez vous / Les feuilles mortes / Les trois cloches / Memory / Milord / Moulin rouge / Ne me quitte pas / Non je ne regrette rien / Nos souvenirs / Padam, padam / Paris un tango / Parlez-moi d'amour / Plaisir d'amour / Un homme un femme / Une feme amoureuse

O TREM QUE NUNCA VAI PARAR NAS ESTAÇÕES (CHINA)


Como embarcar e desembarcar do trem bala sem parar?
Nenhum tempo pode ser perdido.
Há 30 estações entre Beijing e Guangzhou e se ficar parando e acelerando novamente em cada estação, serão desperdiçados energia e tempo.
Meros 5 minutos de parada por estação (como pessoas idosas e deficientes não podem ser rápidas no embarque e desembaque) resultarão em uma perda total de 5 minutos x 30 estações ou 2,5 horas de tempo de jornada do trem!
O chinês é bastante inovador para propor um novo conceito.
Quando o trem chega a uma estação, ele não para.
O passageiro que acaba de embarcar numa estação sobe em um vagão conector, que já está lá aguardando a chegada do próximo trem.
Quando o trem chega, já traz no seu teto um vagão conector que pegou na última estação, contendo as pessoas que pretendem desembarcar na próxima.
E ele não para, apenas reduz a velocidade, conecta no teto o vagão que está na estação aguardando e desconecta o que vinha trazendo.
Quem acabou de embarcar (está no vagão recém-conectado) desce para o trem e quem quer descer na próxima estação sobe para o vagão conector.
Veja o vídeo abaixo e entenda melhor:

video

quarta-feira, 19 de maio de 2010

O MELHOR DE LUIZ VIEIRA


Luiz Vieira nasceu em Caruaru, Pernambuco, no dia 12/10/1928. Ainda jovem foi para o Rio de Janeiro tentar a carreira artística, e começou cantando músicas românticas, como crooner de uma orquestra de cabaré, no bairro boêmio da Lapa, ao mesmo tempo em que tentava a sorte em alguns programas de calouros, a exemplo do que era apresentado por Renato Murce. Após algum tempo conseguiu ser contratado pelas rádios Tupi e Record, de São Paulo, que pertenciam as Emissoras Associadas. Seu primeiro sucesso, ainda como compositor, foi com a música “Menino de Braçanã”, no ano de 1953, na voz de Roberto e Paiva e Ivon Cury. Apaixonado pelo rádio, e depois pela televisão, continuou trabalhando em diversas emissoras, inclusive revelando-se um excelente apresentador de auditório. Finalmente, na década de 60 chegou às paradas de sucesso, como cantor, interpretando “Prelúdio Pra Ninar Gente Grande”, mais conhecida como “Menino Passarinho”. Clique nos títulos das músicas e relembre o talento do “cantador” Luiz Vieira:

MÚSICAS INESQUECÍVEIS DO CINEMA (A NOVIÇA REBELDE)


Clique nos links abaixo e relembre a trilha sonora criada por Irwin Kostal e Richard Rodgers para o filme “A NOVIÇA REBELDE” (The Sound of Music), lançado pela 20th Century Fox, em 1965, com direção de Robert Wise, e estrelado por Julie Andrews e Christopher Plumer:

terça-feira, 18 de maio de 2010

O MELHOR DE JANIS JOPLIN


Janis Joplin nasceu na cidade de Port Arthur, Texas, EUA, no dia 19/01/1973. Cresceu ouvindo músicos de blues e cantando no côro local. Concluiu o curso secundário na Jefferson High Schoo,l em Port Arthur, em 1960, e foi para a Inoversidade do Texas, na cidade de Austin, onde começou a cantar blues e folk com seus amigos. Mudou-se para San Francisco em 1963, morou em North Beach, e trabalhou como cantora folk. Em 1966, suas influências do blues a aproximaram do grupo Big Brother & The Holding Company, que estava ganhando algum destaque entre a nascente comunidade hoppie em Haight-Ashbury. A banda assinou um contrato com o selo independente Mainstream Records e gravou um álbum em 1967. Entretanto, a falta de sucesso de seus primeiros singles fez com que o álbum fosse retido até seu sucesso posterior. O destaque da banda foi no Festival Pop de Monterey, com uma versão da música "Ball and Chain" e os marcantes vocais de Janis. Seu álbum de 1968, Cheap Thrills, fez o nome de Janis. Daí até o ano de 1970, quando morreu prematuramente em consequência do consumode drogas, suas interpretações passaram a encantar o mundo. Clique nos títulos das músicas e aprecie algumas marcantes performances de Janis Joplin:

segunda-feira, 17 de maio de 2010

O MELHOR DE HERMETO PASCOAL


Hermeto Pascoal nasceu em Lagoa da Canoa, Alagoas, no dia 12/06/1936. Aos oito anos começou a tocar a sanfona de oito baixos do pai, e não parou mais de “experimentar” novos instrumentos, transformando em um multi-instrumentista consagrado, capaz de manusear com igual competência diversos instrumentos, tais como a sanfona, flauta, piano, saxofone, trompete, bombardino, escaleta, violão etc. Ainda menino começou a tocar com seu irmão mais velho em forrós e festas de casamento, revezando-se com ele na sanfona e no pandeiro. Mudou-se com o irmão para o Recife, em 1950, onde começou a angariar fama como instrumentista, passando a ser requisitado para tocar com diversos maestros, até que conheceu o maestro Severino Araújo, que o havia contratado para tocar na Orquestra Tabajara, durante uma temporada em João Pessoa, na Paraíba, e resolveu seguir para o Rio de Janeiro, onde tocou diversos instrumentos, em diversos grupos instrumentais. Com a fama, pode finalmente passar a investir na “música experimental”, colocando em prática uma paixão de infância, que consistia em reproduzir sons da natureza, a apartir dos mais exóticos instrumentos, adaptando-os às suas composições. Clique nos títulos das músicas e aprecie a arte e o talento de Hermeto Pascoal:
Chorinho para Ele / Domingo no Parque (Com Margareth Menezes) / Menina Azul / Rosa / Santo Antonio / Vou para Rio Claro / Menina Ilza (com Renato Borghetti) / Miscelânea Brasileira (com Renato Borghetti) / Segura Essa (com Renato Borghetti)

MÚSICAS INESQUECÍVEIS DO CINEMA (HORIZONTE PERDIDO)


Clique nos links abaixo e relembre algumas canções da trilha sonora da refilmagem de "HORIZONTE PERDIDO" (Lost Horizon), lançada pela Columbia Pictures, em 1973*, com direção de Charles Jarrot e estrelado por Peter Finch, Liv Ulman e George Kennedy:
* A primeira versão, dirigida por Frank Capra e estrelado por Ronald Colman e Jane Wyatt, foi lançada em 1937.

domingo, 16 de maio de 2010

O MELHOR DE EDITH PIAF


Edith Piaf nasceu em Paris, França, no dia 19/12/1915. Começou sua carreira em 1935, quando foi descoberta cantando na rua da área de Pigalle pelo dono do cabaré Le Gerny's. Foi ele quem a iniciou na vida artística, batizando-a de "la Môme Piaf", uma expressão francesa que significa "pequeno pardal" ou "pardalzinho", pois ela tinha uma estatura baixa (1m 42 cm), ensinando-lhe como se portar no palco e até mesmo sugerindo queusasse um vestido preto durante suas apresentações, traje que mais tarde passou a ser sua marca registrada. No ano seguinte, Piaf assinou contrato com a Polydor e lançou seu primeiro disco, "Les Mômes de la Cloche", com o qual fez sucesso imediato. Após a 2ª Guerra Mundial, tornou-se famosa internacionalmente, excursionando pela Europa, Estados Unidos e América do Sul, passando a ser reconhecida como o maior ícone da música francesa. Clique nos títulos das músicas e acompanhe as interpretações da “chansonnier” Edith Piaff :

sábado, 15 de maio de 2010

O MELHOR DE ALTEMAR DUTRA


Altemar Dutra nasceu em Aimorés - MG, no dia 06/10/1940. Iniciou sua carreira na Rádio Difusora de Colatina, no Espírito Santo, para onde sua família havia se mudado, cantando uma música de Francisco Alves. Antes de completar sua maioridade, seguiu para o Rio de Janeiro, levando uma carta de apresentação para o compositor Jair Amorim, que o encaminhou a amigos do meio artístico. Tentou a sorte como crooner em boates e casas de espetáculos. Por volta de 1963, foi levado por Jair Amorim para o programa Boleros Dentro da Noite, na Rádio Mundial, e no mesmo ano Joãozinho, do Trio Irakitan, levou-o para a Odeon, onde foi contratado. Logo atingiu os primeiros lugares nas paradas de sucesso com "Tudo de mim" (Evaldo Gouveia e Jair Amorim), tornando-se conhecido em todo o Brasil. Em 1964 gravou com grande sucesso "Que queres tu de mim", "O trovador", "Sentimental demais" e "Somos iguais", fazendo sucesso também na América Latina, e passando a ser convidado para apresentações em vários países e gravando um LP com Lucho Gatica: "El bolero se canta así". Com suas versões em espanhol, chegou a vender mais de 500 mil cópias na América Latina. A partir de 1969 passou a conquistar fãs de origem latina nos EUA. Em pouco tempo tornou-se um dos mais populares cantores estrangeiros nos Estados Unidos. Apresentava-se em um show para a comunidade latino-americana, no clube noturno "El Continente", em Nova Iorque, quando faleceu com apenas 43 anos. Clique nos títulos das músicas e aprecie a voz maravilhosa de Altemar Dutra:
A Estrela de Davi /A lenda do beijo / A nossa vida só pertece a nós / A partida / A pretendida / A senhora e o vagabundo / Abandono / Adoro / Amor de pobre / Aparências / Aquellos ojos verdes / As rosas não falam (com Alcione) / Ave Maria dos namorados / Balada para qualquer natal / Balada triste / Bandolins / Bloco da solidão / Brigas / Caminhemos / Carinhoso / Choro e poesia / Como desejo teu amor / Concerto para um verão / Conselho / Contigo aprendi / Creio em ti / Cuando tu me quieras / Dai-me um luar / Ébrio de Amor / E voltarei / Escribeme / Estoy pensando en ti / Estranho amor / Eu disse adeus / Eu nunca mais vou te esquecer / Eu sinto que te amo / Eu sonhei que estavas tão linda / Eu te agradeço / Faça de conta / Foi Deus quem fez você / Franqueza / Gente humilde / He comprendido que te amo / Hino ao amor / Inesquecível / Jura-me / Juro pela vida / La barca e Amor / La paloma / La puerta / La ultima cancion / Laura /Luz que não se apaga / Malandrinha / Maldito / Manias / Maria Helena / Meu velho / Minha oração / Modinha (com Nelson Gonçalves) / Murmura o mar / Não se esqueça de mim / Negue / Nossos momentos / O Bilhete / O fim / O Trovador / O vagabundo / Oferenda / Outrora (versão de Nosotros) / Passatempo / Peleas / Perfídia / Poema / Poema do Amor Maior / Poema do Olhar (com Miltinho) / Ponto de interrogação / Porto Solidão / Preciso aprender a ser só / Prova de amor / Quando tu me quieras / Que Queres Tu De Mim / Que quieres tu de mim / Quem é / Regalame esta noche / Risque / Roga por nós / Ronda / Sabras que te Quiero / Se você partir / Seguirei meu caminho / Sentado a la vera del camino / Sentimental demais / Serenata da chuva / Serra da Boa Esperança / Sim / Sómente tu / Somos iguais / Sonho impossível / Tão minha Tão mulher / Tarde fria / Tremendo amor / Três palabras / Tu me acostumbraste /Tudo acabado / Tudo de mim / Último encontro / Um cigarro e um café / Vá mas volte / Vai andorinha / Valsa dos namorados / Velha companheira (participação Roberta Miranda) / Venha ver o que restou de mim / Vete de mi / Vida mia